Tuna acusada de praxe violenta no Colmeal.

segunda 26 julho 2059 14279 ações

Tuna acusada de praxe violenta no Colmeal.

O evento terá decorrido no ano de 2011, no Colmeal, Concelho de Góis. O Ministério Público abriu um inquérito, e terá recebido a informação de que vários elementos da ArquiTuna terão sido obrigados a debruçar-se sobre a areia húmida e gelada das margens do Rio Ceira, na praia fluvial.

Fontes seguras afirmam ainda: "Fomos obrigados a ficar de 4 durante muito tempo e no fim ainda tivemos de construir castelos de areia para os Bosses. (...) estava tanto frio, que alguns de nós colocavam pequenas pedras debaixo dos dedos para não tocar na areia, mas era impossível proteger os joelhos".
Diz-se ainda que um dos elementos da ArquiTuna terá ainda sido hospitalizado nessa mesma noite, no entanto os registos hospitalares indicam apenas uma alergia, excluindo à partida a praxe como causa dos sintomas.

Uma entrevista afirma que após algumas passagens femininas, a ArqTuna adotou nos anos seguintes uma postura de "coitadinho do caloiro" e que a praxe passou a ser mais ligeira. Fontes próximas notaram uma queda na qualidade musical dos caloiros, afirmando que pelo facto de a praxe se ter tornado mais "soft", os caloiros desta tuna "não tocam uma merda mas querem deixar de usar a toga".

Diversos elementos antigos da ArquitecTuna afirmam ainda que nos últimos anos se nota que a tuna voltou a praxar e que o grupo melhorou em muitos aspetos, mas que os caloiros, como caloiros que são, continuam a ser fraquinhos.

loading Biewty
loading Biewty 3