Foi descoberto corrupção no futebol português, havendo Benfica à baila

terça 13 abril 84198 ações

Foi descoberto corrupção no futebol português, havendo Benfica à baila

O tribunal disciplinar da Federação Potuguesa de Futebol anunciou hoje a despromoção do Benfica e perda dos títulos nacionais conquistados nos últimos duas épocas. Boavista e Tondela também descem à enquanto o FC Porto foi poupado à descida.

Estas despromoções ocorrem devido ao escândalo de corrupção conhecido por "Apostas desportivas e vouches", no âmbito do qual os responsáveis dos quatro clubes são acusados de terem influenciado indevidamente a nomeação de árbitros para jogos da temporada 2015/16.

Assim, a Benfica desce para a Segunda divisão e sofre uma penalização de 30 pontos, perdendo ainda os títulos de campeão Português de 2014-2015 e 2015-2016. Já o Boavista entrará na época de 2017/2018 a perder sete pontos, enquanto a Tondela é despromovido e recua doze pontos.

Apesar do FC Porto se manter na primeira divisão Portuguesa, é castigado com a perda de 15 pontos e o clube fica impedido de participar nas competições europeias da próxima época.



Os castigos abrangem também vários dos dirigentes implicados no caso. Rui Costa, director-geral do Benfica, acusado de estar na origem do esquema, e o administrador Domingos Soares Oliveira do clube ficaram inibidos de exercer funções desportivas durante cinco anos. As suspensões, ainda que por períodos inferiores, atingem também dirigentes dos outros clubes afectados pela decisão.

Pedro Poença , que se demitiu recentemente da presidência da federação Portuguesa de futebol, também foi suspenso (quatro anos e meio), o mesmo sucedendo a outros sete dirigentes federativos e árbitros envolvidos no esquema.

recomendado