Polvos fogem para o mato por atraso nas obras de construção de muro

terça 28 setembro 2059 36773 ações

Polvos fogem para o mato por atraso nas obras de construção de muro

O atraso nas obras de construção dos diques da represa do Avelal, têm causado enorme preocupação ao empresário José Bigodes . As suas criações de Polvos precisam urgentemente de água fresca e que sejam terminadas as obras a poente do Avelal. As obras de construção dos muros no rio Agueda estão paradas por falta de verba e muitos dos seus polvos já fogem desesperadamente para jardins vizinhos em busca de auxílio e de água fresca.
Não chove á meses e o caudal do rio é insuficiente para a procriação deste molusco .
José Bigodes referiu ao Cnoticias que irá deslocar a sua produção para o Cais dos Judeus em Agueda caso nada seja feito, para já o maior problema será o Agitagueda e o ruído que provoca, sendo que os Polvos reagem mal ao stress Sonoro e tornam se agressivos.
Os próximos meses serão decisivos para este empresário.

loading Biewty
loading Biewty 3