Ana Bola "arrasa" o Fado

quarta 04 agosto 2059 32931 ações

Ana Bola

A atriz e comediante portuguesa que recentemente estreou nova série de seus programas DDT na estação oficial de Portugal, revelou recentemente nas redes sociais que "detesta Fado", a canção tradicional que mais se identifica com a alma lusitana. "Eu não sou uma furiosa dramática como a outra, e confesso, é um estilo de música que não de coaduna muito com o meu temperamento. Ainda se fosse o Xico Buarque a cantar fado, quem sabe..."
Indagada pelos fãs qual o seu estilo musical preferido, a atriz revelou que "gosto muito de ópera, já que ser actriz é ser um operário em construção, mas também não digo que não a um bom concerto dos Father John Misty. Agora Fado, sinceramente penso que com esta idade já não vou lá. Apesar de reconhecer que há cantores com vozes ótimas... Eu até já ouvi um romeno que cantava Fado, e muito bem".
Instada pelos jornalistas porque não seguiu a carreira de cantora com que se iniciou na vida artística, Ana Bola explicou: "Olhe, eu até tenho medo de dizer isto publicamente, mas lá vai... Vocês não sabem, eu era uma miúda, e cantar são aquelas coisas que nos dão na cabeça durante a puberdade. Adulta, sinto-me muito mais confortável e realizada como atriz, no Teatro e na Televisão. E reparem, eu sou uma atriz com carreira supra-nacional, já atuei na Moita, em Alhos Vedros e no Barreiro. E também já fui a Goa, Macau e Timor. Ao Brasil é que nunca fui, dou-me muito mal com o calor, e depois parece-me que aquilo por lá anda muito mal frequentado".
A terminar pedimos a Ana Bola que nos comentasse o que pensa da nova escritora Mary Sunshine que se candidatou ao premio Pulitzer com o livro "As Desgraças da minha Vida", em inges 'The Misfortune of My Husband', ao que nos retorquiu: "Eu achei tudo muito deprimente. Às tantas, eu que conheço muito bem jovens deste tipo de escritoras, acho que com tanto nervoso, ela ou vai ter um AVC, ou um ataque de caspa, e desata por aí aos gritos a dizer que que têm inveja da beleza dela. Coitada, eu acho que ela está doente, cansada de escrever tanto disparate, acho mesmo. Olhe, mais valia ela dedicar-se ao Fado. Pelo menos poupava-nos de a ler, era só desligar o rádio".
[email protected]éria

loading Biewty
loading Biewty 3