Membros da UPOB pagos para "plantar" noticias falsas sobre concorrentes partidários.

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

sábado 01 outubro 2059 16081 ações

A UPOB (Unidos por Oliveira do Bairro), partido dito independente mas com o apoio incondicional do PS (Partido com pouca ou nenhuma expressão em Oliveira do Bairro) está a ser acusada de pagar a alguns dos seus membros mais influentes para espalhar noticias falsas nas redes sociais sobre os outros partidos concorrentes.

De acordo com fonte dentro do próprio partido, a UPOB, vendo-se com alguma dificuldade em angariar votos das pessoas do concelho (apesar de tanta propaganda), está a entrar em modo de "jogo sujo", denegrindo a imagem dos seus concorrentes para dessa forma subir nas sondagens.

A guerra entre o candidato a presidente da UPOB e os outros candidatos já tem largos anos, quando Acílio Gala ainda era presidente da Câmara de Oliveira do Bairro. Nessa altura, quando o então presidente foi convidado a fazer parte da Assembleia da República, o atual candidato pela UPOB não ficou contente por não ter sido escolhido para ficar a comandar a câmara do seu concelho, criando dessa forma conflitos entre membros da câmara de Oliveira do Bairro, como consequência, uns tempos depois Acílio Gala teve que se demitir do lugar na Assembleia e assim voltar a Oliveira do Bairro.

Consta que esta atitude está a ser aplicada porque, como se sabe, os partidos só recebem as ajudas do estado consoante a votação que tiverem nas autárquicas, o que significa que se algo correr mal durante as votações a UPOB poderá ficar com uma divida impagável às costas, pois a quantidade de cartazes, folhetos, flyers e publicidade que têm feito para ganhar as eleições não é, nem de perto, um investimento para ser feito por um partido independente.

Vamos aguardar por novas noticias e ver como vai correr as eleições no domingo.

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

loading Biewty