NOVA IGREJA EM LISBOA

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

quarta 06 julho 2059 53708 ações

Não roubarás, pois o Estado não gosta de concorrência”. Este é um dos mandamentos da nova Igreja Zombie fundada em ALVALIXO , um movimento que nasceu em protesto contra a corrupção e a crise e que agora é uma religião oficialmente reconhecida, com 3 milhoes de fiéis.
Todas as tardes os fieis da nova Igreja Zombie Trans-Universal da Bem-Aventurada Fanfarra reúnem-se no Templo da Corrupção e do Pecado Original, também conhecido como a sede do Parlamento dos carneiros , para praticar os seus rituais.
“E, ao nono dia, a fanfarra criou o Trabalhador Sem Direitos, e ao décimo dia ela disse: ‘ide ao Templo da Corrupção e do Pecado Original e tocai fanfarras. Bong”. Assim reza o Santo Livro desta fé, que os seus seguidores seguem ao pé da letra.
Dezenas de pessoas concentram-se em frente ao Parlamento, tocam sinos, batem em tachos e panelas e lêem passagens das suas sagradas escrituras.
“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque a eles pertence o Parlamento” é outro dos preceitos da Igreja Zombie.
“A maioria dos fiéis eram manifestantes que se conheciam dos protestos”, explica BRUNO AZEVEDO ,sumo sacerdote da igreja e guardião da Panela e do Tacho, citado pela imprensa.
Tudo começou em 2012, nos maiores protestos contra a corrupção jamais vistos no ALVALIXO em 10 décadas. Segundo Saraiva , a referência aos mortos-vivos “deve-se ao facto de as autoridades seculares nos terem chamado zombies”.

Na altura,o aziado BRUNO AZEVEDO chamou aos manifestantes “zombies sem cérebro“. Em reacção, começaram a aparecer zombies nas manifestações de protesto.

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

loading Biewty