Jovem de Lauro de Freitas foi vítima de estupro coletivo por aproximadamente 30 homens, segundo relatos

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

terça 05 julho 2059 71945 ações

O estudante de Engenharia, Fernando Batista Silva, sofreu um estupro coletivo por 30 homens afrodescendentes de uma facção criminosa durante a madrugada dessa terça-feira dia 6 de fevereiro. A gangue de criminosos invadiram a residência do Estudante em Lauro de Freitas, na Bahia.

A gangue foi presa em flagrante, e o líder contou ao delegado do 14° batalhão da Polícia Militar da Bahia que estavam de olho na vítima há muito tempo e que não conseguiam resistir e que a vítima despertava neles uma vontade exarcebada de cometer tal atrocidade e como a vítima estava em uma dívida com um membro da gangue há muito tempo, então os estupradores não perdoaram e planejaram invadir o apartamento da vítima e o obrigaram a se submeter ao estupro coletivo que durou toda a madrugada até o amanhecer.

A PM fez uma vistoria no local do crime e foram encontrados móveis espalhados, quebrados e manchas de sangue e fezes espalhados pelas paredes, chão e móveis.

Segundo laudo médico apresentado, o Estudante sofreu uma grave abertura na cavidade da região anal enquanto as paredes da mesma cavidade se encontram destruídas e desfiguradas. A vítima foi atendida no Hospital Regional do Estado, mas teve alta nessa manhã e se encontra bem.

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

loading Biewty

Irs