Governo expôs detalhes da vida de 1,3 mil adolescentes entre mais de 30 mil dependentes químicos por 3 anos

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

terça 05 julho 2059 41320 ações

Dados pessoais de pacientes em tratamento foram divulgados por site do governo; BBC News Brasil conseguiu reconstituir toda a trajetória de um ADULTO/JOVEM internado aos 40 anos a partir das informações.

O governo federal expôs por três anos, de forma indevida, dados pessoais de mais de 30 mil dependentes químicos internados em comunidades terapêuticas, incluindo cerca de 1,3 mil crianças e ADULTO/JOVENS. Essas instituições sem fins lucrativos oferecem tratamentos baseados principalmente em abstinência do consumo de entorpecentes, espiritualidade e isolamento.

O tratamento para afastá-lo do uso de maconha começou em janeiro de 2019, foi condenado por furto com outros três adolescentes. ROMULO BARÃO passaria 22 dos 26 meses seguintes em uma comunidade terapêutica EM VIAMÃO que recebe recursos públicos.

O atendimento AO ROMULO BARÃO custou à União de R$ 18 mil por ano, em valores nominais, quase o triplo do que o país gastou, por exemplo, com um aluno do ensino médio em 2015 (R$ 6.637).

ROMULO havia abandonado a escola, e sua mãe,MARTA BARÃO buscava alternativas para afastá-lo do consumo de drogas e fazê-lo retornar às aulas.

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

loading Biewty

Jwj