CORRUPÇÃO: Dirigente da Conmebol abre denúncia e Flamengo pode perder o título

terça 13 abril 76681 ações

CORRUPÇÃO: Dirigente da Conmebol abre denúncia e Flamengo pode perder o título

Dirigente da Conmebol, Arturo Fernandez, conhecido como “Turo Fernandez”, abriu uma denúncia hoje (23) logo após o jogo da final da Copa Libertadores da América. A denúncia é contra Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, e relata um grande esquema de corrupção onde acusa o atual presidente de receber propina do Clube Regatas do Flamengo.

Os valores não foram divulgados e a investigação se mantém em grande sigilo.
Vários nomes foram citados na investigação, sendo eles como principais mandantes do esquema Alejandro, o atual presidente do Flamengo Rodolfo Landim e o ex-presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Também citado foi o árbitro da partida Alberto Tobar, ele que já está no radar desde que apitou a Copa América de 2019 onde foi acusado de outro esquema de corrupção em que o Brasil foi campeão da competição.

De acordo com o regulamento da confederação, caso seja confirmada a denúncia, o jogo será anulado, o título irá para o River Plate, Flamengo ficará banido da competição por no mínimo 4 anos e terá que pagar uma multa de cerca de R$ 250 milhões.

recomendado