Carlos Garléu é o novo CEO da Central de Cervejas

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

domingo 03 julho 2059 46478 ações

Carlos Garléu é o homem escolhido para substituir François-Xavier Mahot como CEO na Central de Cervejas. Os resultados de 2016 não foram os esperados e os principais accionistas da Central de Cervejas optaram pela mudança. Os accionistas não tiveram dúvidas na escolha do novo CEO, o currículo invejável e uma vasta experiência de vários anos no ramo cervejeiro foram motivos mais do que suficientes para a escolha do Social-democrata de Coruche.
Carlos Garléu nasceu a 4 de Janeiro de 1981 em Coruche, numa pacata vila Ribatejana. Concluiu o secundário com mérito e ingressou no curso de Engenharia Industrial na Universidade Aberta em Coruche (muitas das cadeiras foram concluídas devido às equivalências); mais tarde viria a tirar o mestrado (o qual concluiu com mérito - com uma média de 19,9 valores) em Ciências da Cerveja, o que lhe valeu um convite para estagiar nas principais marcas de Cerveja (Heineken, Estrella Damm, Chang, Skol, Cuca, entre outras).
É sabido que Carlos Garléu é um adepto fervoroso da festa brava e do Sport Lisboa e Benfica, tendo um lugar cativo no Estádio da Luz ao lado do seu amigo de sempre, Pedro Guerra; é um Social-democrata convicto, da linha do Sá Carneiro e um respeitável filantropo.
É intenção de Carlos Garléu criar um projecto piloto na vila de Coruche, a vila Ribatejana servirá de teste para a cerveja canalizada, visto que possui a população que mais consome cerveja em Portugal de acordo com os dados do INE.
Esta é a oportunidade de uma vida para Carlos Garléu, os resultados já se fizeram sentir e a bolsa de Lisboa acordou hoje em alta impulsionada pela Central de Cervejas.

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

loading Biewty