Armas roubadas em Tancos afinal não existiam

segunda 21 setembro 26325 ações

Armas roubadas em Tancos afinal não existiam

Segundo fonte próxima da investigação, as armas supostamente roubadas em Tancos nunca chegaram a existir. O alerta de roubo foi feito para confundir as investigações.

Em causa está a continuação da investigação sobre sobrefaturação das compras de Material de Guerra - este esquema permitiu a esta rede prejudicar o Estado, em proveito próprio, na ordem dos 100 milhões de euros.

Segundo a mesma fonte, o Material foi objecto de concurso público, adjudicado e pago pelo Estado, só que parte deste material nunca foi entregue embora as guias de remessa tenham sido assinadas e o material dado como conferido e entregue.

O paiol onde supostamente se encontrava o material ia ser objecto de uma inspecção e inventário no âmbito da investigação sobre "corrupção passiva e ativa para ato ilícito, abuso de poder e falsificação de documentos". Tendo a rede simulado este roubo para tentar dissimular os fatos.


recomendado